6 de julho de 2008

Nada como olhar o mar...

Praia

Quanta educação
Tem a onda
Que não se cansa
De cumprimentar
A areia macia

Quanto amor
Tem meu coração
Que não se cansa
De querer
O seu.

8 comentários:

Juju Gulááár disse...

Uau... lindo! Demais msm!
Adorei! Bjaaao!

AVESSOS disse...

que lindooo, abracos

Nathália disse...

Delicado, mas muito lindo mesmo!

Beijo!

Menina do Rio disse...

Adorei, Carol! É lindo e deviamos ser como as ondas, que se doam sem medos.

tem uma semaninha iluminada!

um beijinho pra ti minha linda

Lampejos disse...

Carol,

E que ao olhares esse mar, haja pássaros pousando esta noite!

Querida,

(a)braços,flores,girassóis :)

Rainha dos Raios de Sol disse...

É a calmaria que faz brotar coisas tão singelas e sublimes!

Só Eu disse...

Quando me cheira a mar, cá estou eu. Lindo o teu blog.
Gostei particularmente deste poema.
Parabens
Beijinhos

T A L I T A disse...

Delicado!
Vc vai longe! Continue!