12 de maio de 2008

Segue o frio e a contagem regressiva...em breve completo mais um outono!

Conversa sobre o tempo

Sinto saudades
Do que?
Saudades de um pouco de tudo
Saudades do que?!
Da infância, de correr pelo quintal...
Saudosismo...
Da adolescência, das emoções tão intensas
Sentimental...
Do fim de semana, daquele feriado
Sossegado...
De andar descalço, como se tudo fosse
Simplesmente
Mover-se de um lugar para o outro
E não a correria urbana que hoje enfrento
Sossegado, repito...
E você? Não sente saudades?
Do tempo que se foi e jamais voltará?
Pare de me criticar!
Deixe-me viver o hoje
Preciso identificar e sentir
Todas as cores desse dia
Sem que a fumaça do passado
Sem que a tempestade futura
Impeça minha visão

Afinal, você sente saudades ou não?
Sim
Nossa diferença é o sentir
E o viver
E se você continuar neste último
Vai acabar por se perder.

6 comentários:

Rui Caetano disse...

Um texto poético cheio de sentimentos profundos.

Nathália disse...

Eu sinto saudades o tempo todo, de muitas coisas. Certas vezes, nem sei do que.
Sentir é extremamente necessário. Só assim para saber que estamos vivos.

:)

Bianca Rieth disse...

É tão bom sentir saudades, né?
saudade de alguém, de um doce, de uma viajem, dos momentos...
Algumas saudades, fazem doer, mas mesmo é assim gosto de senti-las

beijos!!

Cassandra Brunetto disse...

Pois é... Saudade o tempo todo... Tá mto legal o layout do teu blog!

Bjoks

Rainha dos Raios de Sol disse...

Nossa, que incrível.

Vou trazer para meu momento atual e tentar me reerguer.

Isso é que é escrever... o que eu faço é piada!!!

Beijos!

Mary West disse...

Não se prenda tanto a este sentimento, vc um dia pode ter saudade de hj. ;)