8 de maio de 2008

Em casa...pensando demais...

Minha censura

Não posso falar sobre isso
Pois eu mesma
Não me permito
Dizer
O que guardo comigo
Aqui dentro
Do meu coração
Da minha mente

Preciso abrir meus lábios
E dizer coisas que façam sentido
Sentido para mim e para os outros
E isso que sinto
Não faz sentido para ninguém

Como isso pode acontecer?

Acho melhor calar estes versos
Pois eles sempre acabam
Falando por mim.

5 comentários:

Renato Alt disse...

Maravilhoso, realmente.
"Pois eu mesma
Não me permito
Dizer
O que guardo comigo"
Quantas vezes já me flagrei também nessa condição. Ou, ainda, quantas será que foram as que não estava nela?
Parabéns.
Beijos.

Nathália disse...

Só pedindo ajuda aos versos quando não nos permitimos falar.
Nos versos podemos fingir falar de outra pessoa, e daí tudo flui mais facilmente.

Beijo!

Mirna Perez disse...

garota rsrss sensível demais, inteligente demais rsrssr, poruqe estragar tudo trabalhando rssrsrsr.bjus

Menina do Rio disse...

Nunca cale os versos nem deixe morrer seus sonhos nos silêncio...

Um beijinho

fernando disse...

vc sempre pod me dizer o q quiser!!!
te amo demais!!