7 de abril de 2008

Um poema doce pra vocês...

Sonho de valsa

Mão com mão
Direita passo
Esquerda dois

Mão no ombro
Baixo olhar
Olho no coração
Mão na cintura
Paixão oculta
Imersa em si

Mão com mão
Esquerda passo
Direita dois

Mãos unidas
Aplaudem juntas
O final da canção

E aquelas mãos
Não mais unirão
Aqueles corações.

4 comentários:

Liz / Falando de tudo! disse...

Cheguei primeiro!
Mãos que apoiasm, mãos levantantam, mãos que ajudam!!
Anjo passando pra te agradecer a visita no meu cantinho e dizer que adoro quando você vai la e deixa um recadinho.
Um abraço,
Liz

Bianca Feijó disse...

E eu venho aqui aplaudir seu LINDO poema!

Lindo, lindo Carol!

B.E.I.J.O.S

Caroline disse...

Carol, né que a aula do Lucas rende mesmo?
Parabéns, mó legal o poema adorei.
Bjão

fernando disse...

nhaaaaa naum pare d dançar comigo!