13 de março de 2008

De volta ao mundo poético...rs

Metrópole

Tenho todo o tempo do mundo
E mesmo assim me apresso
Corro

Tenho um papel em branco
Porém não escrevo
Não desenho

Tenho uma cadeira confortável
Contudo, sinto como se jamais
Houvesse nela sentado

Tenho livros e mais livros
Entretanto permaneço sem ler
Esqueço

Tenho sapatos novos, lindos
Mas não os uso
Nada combina com eles

É tão triste
Tão grave
Ter tudo
E ao mesmo tempo
Não ter nada

Afinal, já está na hora de trabalhar
Já está na hora de estudar
Já está na hora...

2 comentários:

Gabi disse...

é.
é mt chato qnd a gnt perde o encanto das coisas pra ter q viver essa vida corrida, pq só assim q a cidade funciona...
a gnt naum trabalha ou estuda pra viver... e sim vive pra trabalhar, estudar.

vim dar um olhadinha, qnd tiver mais tempo leio e resto com mais atençao!

beeijo

fernando disse...

hey....isso é soh falta de um brilho diferente nos olhos....vc vai ver...qdo agente casar vai parecer tudo melhor!