4 de agosto de 2008

Olhando para trás...

Baú de memórias

A porta emperra
Não quer abrir
E me deixar ver
O que eu quis esconder

A garganta coça
Incomoda
Vou absorvendo este ar
Nostálgico

Fotos, cartas
Papéis sem fim
Uma boneca bailarina
Uma flor
Que arranquei do jardim

A náusea das lembranças
Toma conta de mim

Enfim
Fecho a porta
Viro as costas
E sigo minha vida
Como se o passado
Jamais houvesse passado

Mas passou, ficou
E ajudou a formar
O que sou hoje

Por mais que eu não queira...

11 comentários:

Gu Japinha - Guarulhos SP disse...

Realmente tem muita coisa no passado que queriamos que se escondessem para sempre, que achamos errado, feio, ou qq outra coisa assim, mas sem elas jamais seriamos o que somos hoje, e por isso, apesar de escondermos, nunca que vamos apaga-las... Adorei Caaaaaaaaa... Ultimamente os posts se encaixam em mim... anda me seguindo eh? rs...

Menina do Rio disse...

O passado é a base do futuro, construida no tempo presente. Tudo o que fazemos hoje, amanhã é passado, mas sem ele não seríamos nada...

Um beijo pra ti de boa semana

Santhiago Ramirez disse...

Que lindo é isto, Carol! Você, além de tudo, é poetisa de boa cepa.
Beijinhos carinhosos do Thiago

Liz / Falando de tudo! disse...

é verdade...as portas do passado so se abrem nas nossas mentes, pois nada muda o fato de que ele nao volta!

Juan Carlos disse...

nossa
que legal
gostei desse...
talvez, porque me sinta assim hoje...
passa no meu depois
^^
beijão
sei que sumi...mas, to de volta =D
se cuida

Daniela disse...

Boneca bailarina...
é, o tempo passa e aprendemos a aproveitar o agora porque sabemos que ele também passará...
^^
Meu primeiro comentário! (Y)

Bjin

F. Reoli disse...

Seu poema me fez lembrar uma pasta preta forrada de textos antigos, cartas e fotos que estou protelando em abrir... talvez até por não querer sem abraçado por essa dose nostálgica nessa fase muito presente em que estou... mas acho que suas palavras me aproximaram ainda mais da tal pasta...rs

Mary West disse...

Sim sim, de menina a mulher! :D

Tatah Marley's Confissões disse...

Liiiindo poema!

'Mas passou, ficou
E ajudou a formar
O que sou hoje
'


Esta parte então..
tá de parabens!
x)

Cassandra Brunetto disse...

Guriaaaaaa!!! Blog atualizadéééérrimo o teu! Hehehehe... Realmente, pra mim tá impossível acompanhar tudo, ler todos os poemas, etc... E acho que minha vida vai ficar assim até o final do ano... Mas gosto mto de passar por aqui e ver como tuas palavras são belas!!!!

Bjoks

Juju Gulááár disse...

Uau... descreveu oq sinto as vezes!
Bjao!