9 de novembro de 2008

Inspiração de tarde de domingo

Fora de foco

No centro da cidade espero
Perdida a ajuda
Que não vem
Não chega nunca
E, assim,
Sem entender
Sem nada perceber
Altero a imagem
A paisagem geral
Não pertenço a este lugar
Gostaria, mas não pertenço
Se um dia farei parte disso?
Não sei se tenho o que é preciso
Nem sei o que preciso
Ou tenho
Não preciso do que tenho?
Preciso...preciso do impreciso
E isso eu, certamente, já tenho
Nas minhas linhas rabiscadas
Borradas de tinta, poeira
Batom e lágrimas.

2 comentários:

Juan Carlos disse...

nossaaaaaaaa
tá tenso aqui hein
eu preciso de algo
que não preciso
que tenho e preciso
XD

brincadeiras a parte...

tá muito bom o texto
gostei dele...
você é demais, né
=D
beijãooooooooooooooo
preciso dizer que adoro você?
=D

Mary West disse...

Batom e lagrimas. Rimel a prova d´agua? :D