16 de outubro de 2008

O que é estar em trânsito?

São Paulo, ônibus, 18h

Mobilidade
No cotidiano
No caos da cidade
Possível?
Não de fato
Mas de pensamento

Uma garota pensa na vida
Com o som alto em seus fones
Um rapaz pensa na vida
Enquanto olha o semáforo avermelhar
Uma senhora pensa na vida
E folheia a revista de fofocas
Um menino pensa na vida
E no que quer de presente de Natal

No fundo, todos se movem
Na imobilidade do espaço
Fazem fluir as idéias
E todos se fecham
Nesse inconsciente coletivo
Cada um com o seu
Contudo todos com o mesmo.

5 comentários:

Juan Carlos disse...

Meus pensamentos são geralmente de amor
=D
mas, eu penso bastante
=D
saudades
=D
beijos
e quantos =D
hein
=D

Menina do Rio disse...

Estamos sempre em trânsito!

Não vou justificar minha ausência, mesmo pq não caberia.
Adoraria ter estado por aqui, mesmo pq meu blog fez dois anos e eu nem estava aqui pra comemorar.
Quero apenas deixar meu pedido de desculpas, agradecer pelas visitas, pelo carinho, por tantos comentários e pela preocupação.
Mesmo que eu quisesse e me desdobrasse, não daria para fazer isso individualmente e terá que ser aos poucos.
Hoje quero apenas deixar um beijo e dizer que vou lendo-vos na medida do possivel.
Mil desculpas.
Estou de volta!
Um beijo imenso!

Leandro BLuz disse...

Muito bom...

beijos

F. Reoli disse...

Gosto dessa capacidade que só os mais sensíveis tem de enxergar poesia no cotidiano, em momentos que nem todos percebem... capacidade que você usa muito bem... beijos

Mary West disse...

Acho que estou no engarrafamento. :D